Como manter sua conta segura

Para garantir a segurança do seu computador e da sua conta, recomendamos a realização das seguintes etapas regularmente:

  1. Verifique a existência de vírus e malware. Execute uma varredura no seu computador com um software antivírus confiável. Se a varredura detectar algum programa ou aplicativo suspeito, remova-o imediatamente.
  2. Realize uma verificação de segurança da conta.
  3. Adicione um token. Para adicionar uma camada extra de segurança à sua conta, a verificação em duas etapas requer que você faça login usando algo que você conhece (sua senha) e algo que você tem (um código enviado para seu smartphone).
  4. Execute regularmente atualizações do sistema operacional e do navegador. Se você usa o Mac OS, recomendamos que ative a configuração de atualização automática e atualize ao receber uma notificação. Para verificar se há atualizações para o navegador no Internet Explorer, selecione a guia Ferramentas e clique em Atualizações do Windows. No Firefox, clique no menu do Firefox na barra de menus do navegador e selecione Sobre o Firefox. Quando a janela Sobre o Firefox se abrir, o download de todas as atualizações disponíveis será feito automaticamente. O Google Chrome é atualizado automaticamente quando uma versão mais recente é disponibilizada.
  5. Nenhum funcionário da playPROJECT irá solicitar a sua senha.

Outros lembretes importantes:

  • Nunca diga sua senha a ninguém. No entanto, se você contar, altere-a assim que possível.
  • Use uma senha forte e não a anote nem a envie por e-mail.
  • Execute varreduras e altere sua senha imediatamente após perceber mudanças na sua conta que não foram feitas por você.
  • Sempre saia da sua conta quando estiver usando computadores públicos.
  • Limpe formulários, senha, cache e cookies no seu navegador regularmente, especialmente em computadores públicos.

Transformação de Itens!

Adicionamos hoje a opção de transformar itens!

Agora é possível modificar a aparência dos seus itens VIP e deixá-los com o visual de qualquer item do jogo! Para isso, é apenas necessário que o seu personagem possua o item quedeve ser utilizado e o nível mínimo do item comum. Lembre-se, o item deve estar desequipado do personagem para que possa ser modificado.

Será cobrada uma taxa em berries que será calculada na hora. Para reverter o processo, será necessário utilizar uma pedra misteriosa.

Você poderá transformar os itens quantas vezes quiser e formar todos os sets que desejar!

Entenda o “lag” dos últimos dias

Cientes dos problemas de alguns usuários, principalmente clientes GVT, com lentidão e perda de acesso ao nosso site, nos vemos na obrigação de tentar explicar um pouco sobre o funcionamento da rede mundial de computadores, Internet, e ocasionais problemas que afetam sua estrutura e funcionamento. Essa explicação será muito básica, e voltada aos usuários leigos. Portanto, caso você entenda mais do assunto e encontre erros ou divergencias, sinta-se livre para tentar explicar melhor e nos ajudar.

Vamos lá… Os diferentes continentes e paises se conectam uns aos outros por meio de satélites, e em sua maioria, cabos submarinos, como é o caso do Brasil e dos Estados Unidos. Focando em nosso cenário, a grande maioria de nossas conexões vão para Miami, e outra parte (principalmente Telefonica/VIVO), para Nova Iorque. Para quem for curioso, existem algumas imagens e sites que mostram o mapa da internet no mundo todo. Eis um mapa da rede de 2010:

Submarine_Cable_Map

E nesse site, você pode encontrar e navegar pelo mapa da internet de 2013: http://submarine-cable-map-2013.telegeography.com/

Esses dois mapas mostram claramente as conexões (linhas) saindo de algumas localidades do Brasil, fazendo saltos no meio do caminho, e finalmente chegando aos Estados Unidos, em Miami, que é o ponto de nosso interesse. Aqui no Brasil, os provedores de acesso mais comuns com rota para o exterior são: GVT, Embratel (NET Virtua, Claro 3G), Telefonica/VIVO. Esses provedores normalmente fazem peering (conexão, compartilhamento de link) em Miami com a CogentCO, um dos maiores provedores nos Estados Unidos.

Tá, mas o que isso tem a ver com a lentidão do kaizokuPROJECT? Calma que vamos chegar lá! Justamente por sabermos que a internet funciona dessa forma, e o cenário de conexões Brasil-EUA é esse, nós optamos por colocar o kaizokuPROJECT e alguns outros sites da PROJECT em servidores localizados em Miami, num prédio que é alimentado por apenas um provedor: CogentCO. O objetivo disso era oferecer uma conexão mais rápida, estável e com menor ping para vocês. Em 99% dos casos isso funciona muito bem.

No entanto, problemas acontecem. E podem ser vários. Vez ou outra você passa com a cadeira em cima do fio do seu fone e ele arrebenta. Adivinha o que acontece quando um navio, um submarino, ou mesmo uma tempestade no mar atinge um desses cabos submarinos? Pois é, a mesma coisa. Ele arrebenta. Há poucos meses, a grande maioria dos clientes da GVT não conseguiam acessar o Google, o Youtube, o Facebook e centenas de outros sites. E o motivo foi simplesmente esse: Um cabo rompeu no meio do oceano, e eles perderam conexão completamente pros Estados Unidos. Quando isso acontece, os provedores redirecionam o tráfego para outros cabos, a fim de restaurar o acesso rapidamente enquanto procuram resolver o problema. Embora isso restaure o acesso, gera o exato mesmo problema que geraria caso você pegue uma avenida movimentada na sua cidade e feche uma de três faixas: Congestionamento, lentidão!

Infelizmente, nós não sabemos se houve rompimento novamente nos cabos utilizados pela GVT, mas recebemos informações de profissionais e empresas da área informando que há uma saturação na conexão da GVT com a CogentCO em Miami. Diversos clientes estão relatando perdas de pacote de até 80%. Em uma lista de discussões brasileira focada em provedores de acesso, um profissional enviou a seguinte mensagem:

“Deram forward na resposta da Cogent para mim: eles declararam que o peering entre a GVT e eles em Miami estava saturado durante o episódio gerando o packet loss. Como é um problema de capacidade exaurida e não de falha de sistema, a ampliação da capacidade deve demorar (supôs o atendente). O chamado da GVT (referente ao link sob minha jurisdição) ainda não foi respondido.”

Portanto, estamos confiantes que esse problema de lentidão seja um caso isolado aos clientes da GVT (e provedores menores que utilizem rotas da GVT), e não do sistema e novo site do kaizokuPROJECT. Mas acreditem, estamos monitorando a situação e nos preparando para fazer alguma gambiarra/xunxo/tweak caso essa instabilidade continue por mais tempo.